17/04/2014

Thug Love 12



–  CHEGA DESSA PORRA ! -gritou Justin
– ih estressou! -levantei e botei o prato e o copo na pia
– Chega, que porra ! -disse Justin
– relaxa bro! -disse Christian
– é pow, não precisa ficar gritando aí! -disse Chaz
– não estou gritando !
– ah não! -disse Ryan
– que horas são? -perguntei
– tem um relógio bem ali na parede! -Disse Ryan
–  Justin vamos chamar umas mulheres pra cá ! -disse Christian
–  Não quero ! -disse Justin
–  Oh cara, fica assim não ! Vamos chamar as vadias e vamos fazer uma festinha pra você, vou arranjar uma morena muito gostosa deixa comigo -disse Chaz
–  EU NÃO QUERO PORRA NEM UMA. VOCÊS NÃO ENTENDE QUE EU TRANSEI COM A MINHA IRMÃ ? EM PORRA ? CADE MEUS AMIGOS ? EM ? A JESSIE NÃO É QUALQUER UMA PRA MIM DEIXAR PASSAR ASSIM, EU VOU METER BALA NA PORRA DA PESSOA QUE ENCHER MEU SACO DE NOVO  ! -gritou Justin
–  Justin...
–  EU VOU MATAR O JEREMY !  -os olhos o Justin estavam vermelhos
– ei, calma! Também não precisa disso! -eu disse tentando acalma-lo
– ta surtei, mas é complicando e vocês ficam me pilhando assim !
– você precisa se divertir cara, SAIR, ESFRIAR A CABEÇA! -disse Ryan
– Amanha! Não estou com a cabeça pra isso hoje valeu ? Amanha !
– eu vou dormir, porque vocês são... Sei lá! Boa noite pra vocês!
– Ta, boca noite! -disse Justin
– quem olha de longe pensa até que não bate em mulher!

ele arfou irritado.

– ah, você tem algum computar, ipad sei lá, que eu possa passar o tempo?
– você não vai usar nada disso !
– ué, mas porque?
– porque você é um refém !
– ta, mas, não tem nada pra fazer aqui, ainda são 19 da noite e eu vou ficar vegetando?
– mas vai ficar vegetando, eu vou tomar um banho e vou ficar no meu quarto !
– Você devia beijar meus pés, por eu depor ao seu favor! -me aproximei do rosto dele
– Não me faça ri ! Eu tenho amigos na policia Kylie, ninguém é certinho não. Se eu cair...TODOS caem comigo !
– eu posso virar o jogo!

Disse olhando pra sua boca que estava meio aberta.

– E eu posso virar tudo de cabeça pra baixo de novo ! -ele deu um meio sorriso
– e eu posso virar sua cabeça!

Selei nossos lábios e depois os separei mordendo seu lábio inferior.

– ooooooh -disse Ryan
–  precisa trinar mais gatinha ! -ele riu
–  a Jessie vai ficar sabendo disso ! -disse Chaz
– boa noite!
– vou pro meu quarto, sem ninguém me perturbando ! -Justin saiu

Assim que ele subiu eu subi atrás, Justin entrou no meu quarto e eu no "meu" que era do lado do dele, me sentei na cama, eu preciso sair daqui, preciso fazer alguma coisa, preciso pensar, acho que fazer com que ele pense que amiga não vai ser tão fácil assim, ele é esperto! Tirei minha blusa, meu short e joguei na cama, entrei no banheiro e tirei o resto da roupa, entrando debaixo do chuveiro. Não demorei muito no banho, sai enrolada na toalha, sai do banhei fazendo um coque no meu cabelo e quando olhei pra cama tinha uma cobra pequena ali, parecia se filhote mas não deixa de ser uma cobra, gritei na mesma hora, a porta foi empurrada pelo Christian e pelo Chaz.

– o que ta acontecendo aqui? -disse Chaz
– TEM UMA COBRA NA MINHA CAMA!
– não grita, Justin vai se irritar! -disse Christian
– o que... Caralho Kylie! -disse Ryan

Fui perceber que estava apenas de toda com três homens no quarto!

– PAREM, e tirem essa coisa dai!
– é minha! -disse Justin entrando no quarto
– qual é o seu problema de ter uma cobra em casa, tira daqui!
– é legal, né? meu bebe ! -Justin pegou a cobra
– vocês podem sair agora?
– Igual minha mãe e a Jessie , mulheres ! Vamos pra sua casa ! -Justin saiu junto com os caras

Eu estou na casa de um maluco, bandido, eu preciso sair daqui! Tranquei a porta e me vesti, botei um dos baby dolls que comprei, na verdade que o Justin comprou, liguei a Televisão e estava no canal das câmeras da casa, tinha 52 câmeras espalhadas, nossa, realmente não conheço essa casa  toda, isso ta mais pra realitshow, troquei de canal botando em um filme qualquer, me deitei me cobrindo, me afundava naquela cama, as camas do orfanato não são assim, são duras como pedra, fiquei vendo aquele filme idiota até cochilar.

[...]

Acordei espantada, não durmo tranquila aqui, me levantei, desliguei a TV, liguei o abajur pois o quarto ficou muito escuro, peguei grampo e diz um coque no cabelo, sai do quarto devagar, olhei os lados e não tinha ninguém, apenas o corredor escuro, consegui fugir mais uma vez porque não fugiria de novo, desci até a sala e olhei la pra fora, vários seguranças rodeavam a casa, droga!! Subi de novo, vai ser impossível sair desse inferno, andei pelo corredor passando pelas portas do quarto, e tinha uma porta no final do corredor onde era o escritório do Justin, hm... Fui até lá, mexi na maçaneta devagar e estava trancada, já imaginava, tinha um grampo no meu cabelo, as portas do orfanato viviam travando, kendall me ensinou abrir sem pedir socorro com apenas um grampo, fiquei tentando abrir, escutei uma respiração atrás de mim, mas era tarde, me pressionaram na parede e botaram minhas mais nas minhas costas, segurou meu cabelo puxando minha cabeça pra trás, senti sua respiração no meu pescoço.

– o que está pensando em fazer em garota? -essa voz... Impossível de esquecer era o Justin e ele disse com sua boca colada na minha nuca.
– nada! -ele ainda segurava minhas mãos
– Nada ? -ele riu amargo
– você está me machucando!
– pensei que gostava de coisas violentas... -ele roçou o pau na minha bunda
– não...
– pois eu gosto !
– para!
– agora que eu to começando a gostar Kylie... -ele apertou meus seios são grandes, eu gosto !
– não sou vadia como as que você conhece!
– você é muito chata Kylie ! Deixa eu te ensinar a jogar ?

-----------------------------------------------------------

Gente, eu sei que esse capitulo foi pequeno, mas eu tinha que parar nessa parte, EU PRECISAVA, porque eu amo parar nessas parte porque deixo vocês curiosos... ahahahha, e ai? o que acharam? Kylie sendo santa mas não é santa.

Obrigada pelos comentários do outro capitulo meus amore, amo vocês

13/04/2014

Thug Love 11



– Sim e façam bom proveito com ela. -olhei pro caras e subi 

Entrei no meu escritório, encostei a porta, abri a geladeira peguei o uísque e bebi da garrafa mesmo, fim um careta e xinguei todos os palavrões possíveis e abri a gaveta tirando 4 cigarro de maconha e acendi tudo de uma vez só .. sorri soltando a fumaça e bebi mais um gole de uísque. Eu estava querendo tirar essa dor que eu sentia, talvez ..passe mais rápido comigo fazendo isso. Eu já "perdi " alguém que eu amava. E a pior dor foi ter me entregado esse amor, essa loucura . Eu nunca vou me apaixonar de novo, nunca mais, nunca . Não me conforme da Rachel ter feito o que fez. Porque eu estou pensando nela mesmo ? Eu jurei que o dia, o dia que ela aparecesse na minha frente novamente eu a mataria, ela irá pagar pelo que fez comigo e disso eu não tenho duvidas! Eu fumava na boa com as pernas em cima da mesa e bebendo meu uísque na garrafa. Depois de um tempo a porta se abriu, como eu estava de olhos fechados apenas disse: 

–  VAI SE FODER PORRA, VAI EMBORA SEJA LÁ QUEM FOR ! 
– Não devia fazer isso ! 

Abri os olhos e vi a Kylie parada me olhando atenta, ela me olhava de um modo diferente, até diria que ela estava sentindo pena. 

–  Vai embora ! 
–  Isso não vai ter ajudar em nada, não vai ajudar você a esquecer o que acontecer, não vai fazer a Jessie não ser sua irmã e também não vai fazer o você voltar no tempo. Isso não vai te ajudar em nada, só vai deixar você pior ! - ela disse
–  Aé ? -ri soltando a fumaça 
–  Eu só quero ajudar Justin ! 
–  Que bobinha ..eu não pedi a sua ajuda ! 
–  Mas eu quero ajudar ! 
–  Quer ajudar um cara que te fez mal ? Porque ? 
–  porque eu não sou você ! 

Essas palavras fizeram minha cabeça rodar. Tirei meus pés da mesa e larguei os cigarros e coloquei o uísque na mesa e passei a mão na minha cabeça. Estava tudo rodando.

–  droga ! -eu disse baixo 
– Viu, já não esta se sentindo bem... levanta a cabeça, assim é pior, vamos -ela segurou meu rosto e me fez olhar pra cima 

Fiquei olhando nos olhos dela e ela soprou meu rosto, Seu halito era fresco.

–  Não prec...-ela nem me deixou falar
–  Shhh

Ela continuou soprando meu rosto.

–  seus olhos ..são brilhantes ! -eu deixei escapar
– são normais! -riu pelo nariz
– eles brilham !
– você está vendo coisas!

Tirei a mão dela do meu rosto e ela se afastou.

–  Esta melhor ? 
–  Já fumou Kylie ?
– não!
– quer experimentar ?
– porque?
– quer ?
– porque quer me drogar?
– você só vai experimentar Kylie -ri bebendo meu uísque
– hm
– quer ?
– quero
– Senta aqui ! -bati no meu colo 

Ela foi e sentou na mesa de frente pra mim, ri pelo nariz e cheguei minha cadeira mais perto da dela e acendi dois cigarros pra ela.

– de vagar entender, olha como eu faço, pronto... faz igual. Suga e solta!
– Ta, Assim? -ela deu uma tragada
– isso, de vagar, porque você não está acostumada, e não suga muito
– ok

Ela soltou uma fumaça grande e riu me fazendo ri junto, bebi todo meu lisque e fumei mais um pouco.

– Acho que está bom né ? -ri puxando da mão dela 
– isso me deixou com dor de cabeça ! 
– você é muito fraquinha mesmo -ri me levantando 
– Bieber ? 
– Sim ? 
– Somos amigos ? 
– Não, você é minha refém ! -eu disse rindo  
– Mas parecemos amigos !
– Há.

A porta se abriu e o Christian entrou.

– To entrando... epa, que isso...hmmm já Justin ? -ele riu 
– Cala a boca, a Jessie mal saiu daqui -eu disse 
– Eu, ela me ligou !
– te ligou pra que?
– Ela quer eu eu a leve a faculdade e a busque, e a Pattie também acho mais seguro, porque o Tyler está por ai. O Carro dela a Caitlin está usando, e a Caitlin sempre vai pra outro lugar depois da faculdade, então.
– Eu posso leva-la, sem problema !
–Ela disse eu, você não !
– depois ligo pra ela e resolvemos isso
– Ela disse que não era pra você fazer nada, era pra eu leva-la. Foi o que ela disse, você não, eu ! 
– Ta ta, sem gracinha Beadles !
– Ela é minha irmãzinha !
– A caitlin também é minha irmãzinha -ri
– qual nível de maturidade de vocês? -perguntou Kylie
– depende -disse Christian me fazendo ri 
– Vamos sair daqui 
– Você sumiu e não chamou os amigos ? Porra Justin, sacanagem !
– cala a boca
– Não, serio,eu vim aqui perguntar uma coisas pra Kylie !
– Pra mim ? -disse Kylie
– Pra ela ? -eu disse
– é...você quer ir ao cinema comigo ? 
– Fala serio cara -eu ri 
– Estou falando. Quer ir ou quer ficar trancada aqui ?
– claro que quero ir!
– Ela não vai porra nem uma com você ! -empurrei o Christian 
– O que te deu Justin ? -perguntou Christian 
– Nada, ela não pode, ela é refém não pode isso, isso não pode. 
– Kylie vai descendo ok ? -disse Christian 
– Ta bom !

Ela saiu.

– Ta maluco Christian ? Ela é refém ! 
– Cara, eu, Chaz e Ryan fizemos uma aposta, quem beija a Kylie primeiro ganho o carro um do outro entendeu ? e quem perder ficar sem comer vadia por uma semana 
– Oh serio ? -ri  – que ridículo- mas, gostei!
– você não, pela Jessie..não agora !
– Mesmo se eu quisesse, eu não preciso de aposta pra ter algo com ela -sorri
– porque acha isso? -perguntou
– Porque eu sou melhor !
– você é como os outros!
– Não, eu sou o melhor !
– ta Justin!
– Vocês vão perder essa aposta, porque eu to dentro !
– isso ae!
– feito, temos uma semana pra levar Kylie pra cama !
– fechado!

Bati no ombro do Christian e descemos.

– Kylie você vai sim ao cinema comigo hoje! -sorriu Christian
– Só hoje ! -eu disse
– acho que não, mudei de idéia
– Há qual é ? Vai ser legal ! -disse Christian 
– Eu não vou brigar Kylie, o Christian é meu amigo ! -eu disse
– ir agora? Hoje? -perguntou Kylie
– é porque amanha tenho coisas pra fazer ! -disse Christian
– Há não, se ela vai sair com o você que é feio, ela tem sair comigo. Kylie ele é feio !- disse Chaz
– não tenho roupas pra sair de casa!
– Então, vamos ficar na sala de jogos, sem problema -disse Christian
– eu sou casado com a minha liberdade então...-disse Ryan
– Justin disse que ia me dar roupas novas sabe
– ta porra, vamos comprar essas roupas logo !
– vamos!

Peguei a chave do carro e saímos. Fomos pro meu carro preto e entramos, saímos dali. 

Justin off.

Eu sou uma refém ou uma amiga? Estou em dúvidas a relação a isso! Justin até que parece ser legal, ele tem um ponto fraco, afinal todos tem, agora ele estava me levando pra comprar roupas novas, daqui pra frente vou conhecer outro mundo, espero que vale a pena, Justin estacionou o carro e saímos, entramos dentro do shopping e fomos andando.

– vai me ajudar com isso certo? -perguntei pro Justin
– só entrar na loja e escolhe, eu apenas pago !
– ta, mas você pode dar opiniões tipo, "ta legal" "não" "escolhe outra"
– ok

Justin entrou em uma loja comigo, peguei as roupas que gostei e fui experimentar, Justin ficou sentando no banco do provador, então botei um short e uma blusa com um sneaker.

– ta legal? -perguntei
– ta muito normal sabe...
– ok, mas eu gostei!

Entrei de novo no provador de novo, eu vestia as roupas e ele dizia sim ou não, ele já estava entediado, então vesti um vestido vermelho que era colado no corpo, marcava todas as minhas curvas, e um salto alto, segurei meu cabelo com minhas mãos e sai, Justin estava encostado mexendo no celular.

– e esse?
–  ta legal, ta legal! -ele disse sem olhar
– Justin é pra olhar!
– Kylie olha eu...

Ele parou de falar quando me olhos, ele ficou de boca aberta, me olhou cima em baixo e de baixo em cima, eu ri, ele molhou os lábios com a linguá e me olhou.

– ta legal? -perguntei de novo
– porra, você devia se vestir, que gostosa! -ele sorriu
– ok, vou levar! -eu ri

Gostei de ter deixado ele assim, me troquei e assim foi em todas as lojas que entramos, estávamos andando no shopping com mil bolsas.

– outro dia a gente compra mais! -disse Justin 
– ei, falta as roupas íntimas ta!
– ok, aí comprar logo que eu te espero aqui! 
– ok!

Entrei na loja e comprei as roupas íntimas, camisola, calcinhas, sutiã e etc, Justin estava me esperando encostado na parede e com as bolsas no chão.

– vamos? -perguntou ele
– falta os sapatos Justin, eu vou andar descalço?
– porra, ta ..mas só 10, porque já fiz de mais por uma refém !
– você não quer me deixar ir, então...
– vai logo, serio !

Deixei as bolsas com o Justin e fui comprar uns sapatos, tênis, saltos, essas coisas.

– agora acabou? -perguntou Justin
– sim, mas...
– sem mas Kylie, já comprou o suficiente!
– ah, ok!

Pegamos as bolsas e fomos andando pro estacionamento, botamos as bolsas na mala e entramos, Justin foi escutando rap, meu deus que coisa chata, logo chegamos em casa, ele pediu pra um dos empregados botarem as bolsas no quarto de hóspedes! Entramos em casa e os caras estavam na sala bebendo e jogando cartas.

– e aí Justin, conseguiu? -perguntou Ryan
– o que ?
– aquilo... Depois falo! -disse Ryan
– vou subir e descansar um pouco! -disse Justin
– vai lá!

Ele subiu, os caras ficaram me olhando, revirei os olhos.

– e aí Kylie, quer jogar poker com a gente? -perguntou Chaz 
– não, obrigada!

Não disse mais nada, subi pro quarto, acho que já posso chamar de meu quarto, fechei a porta e me joguei na cama, era macia e de casal, me levantei e fui até a sacada, tinha vista pra piscina, eu to amando isso aqui apesar de ser arriscado, o que custa ter um pouco de perigo na vida? Fui pro banheiro e tinha uma banheira, não pensei duas vezes, enchi ela de coisas, perfumes e etc, tudo o que tinha de direito, fiquei um bom tempo no banho, sai e me vesti, sequei meu cabelo com o secador, o que adianta ter tudo isso e ter uma vida entediante? Era umas 18h, sai do meu quarto e fui no Justin, bati na porta e nada, bati de novo e nada, então entrei, não tinha ninguém, ouvi o barulho do chuveiro, a porta do banheiro estava aberta, olhei em volta e me sentei na cama, Justin saiu do banheiro pelado e deu de cara comigo, arregalei os olhos e joguei um travesseiro.

– desculpa! -eu disse botando a mão na boca
– Que abusada, sai entrando no meu quarto assim. Vou contar pra Jessie, você são amiguinha, vou contar, ela vai ficar brava viu. -ele disse indo pro closet
– cara desculpa! -segurei o riso
–  Eu não ligo -ele riu  – mas a Jessie liga, vou contar !

Ele entrou no closet, se vestiu e saiu.

– sua bunda é muito branca! -gargalhei
– deve ser porque eu sou preto!
– ah nossa, você fica fazendo o que aqui? Não tem nada pra fazer nessa casa
– eu vou resolver meus negócios com o Ryan e o Chaz enquanto você vai ficar na sala de jogos com o Christian.
– eles estão dando em cima de mim cara!
– e dai ? Tenho nada a ver com isso, tenho namorada. Desculpa ..é costume. Se vira..tenho coisa a fazer
– eu quero ir em uma de suas boates
– Então amanha nos vamos ! -sorriu
– porque não podemos ir hoje?
– Eu tenho umas coisas pra resolver, tchau !  -ele saiu

Sai do quarto e desci, Christian me chamou pra ficar na sala de jogos com ele, fomos.

– até que é maneirinho aqui!
– aqui tem muitos jogos, o Justin consegue até jogos que só vendem em outros países. Aqui porta ali..tem uma sala de cinema, como o Justin não pode sair muito, ele vê ali.
– entendo...
–  o que quer fazer ? -perguntou Christian
– qualquer coisa, não sei ficar parada!
– quer jogar o que ?
– totó, sou boa em totó, jogava sempre no orfanato
– ok, vamos lá ..de 5 em
– ta, mas porque isso?
– quero ficar com você, mas não quero te assustar !
– ficar comigo?
– é
– ta, mas não!
– tudo bem, isso não nos impede de jogar.
– me trouxe aqui porque quer ficar comigo e não se "divertir" digamos assim
– Vamos nos divertir, mas eu quero ficar com você. Mas se não, beleza, Vamos zoar que nem amigos !
– sei...
– verdade, bora!

Começamos a jogar, sabia que tinha coisa nisso, E que sempre tem segundas intenções, ficamos jogando, acho que ficamos um bom tempo jogando.

– sabe Kylie... -Christian se aproximou
– não tenta nada, posso parecer ingênua mas não sou!
– é só um beijo! -ele tentou e eu me afastei
– eu não quero, você pode respeitar isso?
– ah Kylie! 
– é serio!
– tudo bem, eu espero seu tempo!
– que tempo? Eu não quero ficar com você, podemos voltar pra sala? 
– ok, vamos!

Sai na frente e fomos pra sala, não tinha ninguém lá, me sentei no sofá e o Christian na poltrona ao lado.

– Caitlin não mora com você porque?
– Eu moro aqui Kylie rs, mas as vezes eu vou lá ficar com ela, pra ela não se sentir sozinha !
– ela mora sozinha? Seus pais? Você tem família?
– Meus pais moram em Atlanta !
– Caitlin mora sozinha?
– sim !
– tadinha, porque ela não mora com vocês?
– Ela não gosta ! Ela não para em casa, ou ta aqui ou ta na casa da Morgana, ou na faculdade, saindo, agora deve ficar na casa da Pattie por causa da Jessie.
– ah
– Já namorou Kylie ?
– não
– Ah 
– E você ? 
– Eu já fui apaixonado por uma garota da minha escola, a gente até namorou, mas não deu certo.
– você tem quantos anos?
– 20 !
– porque você é assim? Tipo, porque entrou nessa vida?
– Porque o Justin é meu amigo, e quando se é amigo você não se afasta, você embaca nessa junto com ele. Se for pra ser " psicopata " vamos ser psicopatas juntos.
– ah sim, sei...
– Você não tem amigos ?
– não, não tenho nada, nem família, nem amigos, absolutamente nada!
– Nossa !
– eu sou órfã
– Sinto muito !
– eu tenho uma irmã, mas ela queria ser modelo e um dia chamaram ela pra ir pra outro pais e seguir o sonho dela, e ela foi, não tive noticias dela desde esse dia!
– Entendo ...bom, está com fome ?
– estou
– Vamos lá na cozinha ver se a Rita fez algo de bom.
– vamos

Ele se levantou, Me levantei e fui até a cozinha com o Christian, Rita lavava a louça.

– Rita, tem alguma coisa que mate a fome por aí? -perguntou Christian
– claro que tem né Christian! -ela riu

Rita é como uma segunda mãe pra eles, ela cuida de tudo aqui na casa, é uma amor.

– e você? -ela se dirigiu a mim
– eu?
– é, ué!
– ela vai ficar com a gente agora! -disse Justin apareceu se sentando no balcão 
– ela não era uma refém? -perguntou Rita ao Justin
– é
– refém solta pela casa?
– Rita depois explico
– ok!
– eu to com fome!
– simples, come !
– comida diferente, sei lá, outro tipo!
– ah, compra !

Revirei os olhos.

– infelizmente não tenho dinheiro, ter tenho, mas estou presa aqui!
– Serio ? coitadinha ! -disse Justin
– Vou cagar -disse Christian e saiu
– eu me sinto mal aqui!
– relaxa
– só tem homens aqui não ter como relaxar, ainda são bandidos, impossível
– nossa. -justin bufou
– eles são uns bobões e todos os dias as meninas estão aqui, fica tranquila eu também estou aqui! -disse Rita
– vinham pra cá por causa da Jessie, agora não vai vir mais.
– Já já a Jessie está de volta, não dura nem uma mês ela lá. Eu conheço ela! -disse Justin
– Tenho dó da Jessie
– Porque ?
– Porque a cabeça dela deve estar a mil sabe, vocês são irmãos e... Bom, você entendeu
– A minha também está ! Eu gosto muito da Jessie, sei lá ..me sinto mal por ter transado com ela, mas eu não sabia. Não sabíamos de nada, então ..eu não no vou negar que no começo vai ser bem complicado ver ela como irmã, mas eu vou agir como irmão, vou cuidar dela como nunca . Eu vou ficar sem sexo descente, sem a minha namo... irmã, aar você entenderam.
– Sua vida gira em torno disso?
– sexo é a melhor coisa da vida. Não só isso, era sexo com a Jessie, se você fosse homem iria entender, esquece! vou me trancar no escrito. Rita não estou pra ninguém entendeu ? 
– Sim Justin. -disse rita
– não faz isso não, você já fez de manha
– você não manda em mim !
– eu não estou mandando você fazer nada, só te dei um toque, eu em
– ta, mas eu vou ficar no meu canto !
– se isolar é pior
– eu gosto !
– até que é legalzinho fumar
– legalzinho - ele riu
– é, da pra se divertir
– é Kylie, é
– aqui Kylie, fiz bolo e suco, Justin come alguma coisa, eu vou ali em casa e volto! -ela saiu
– ela não mora aqui? -perguntei pro Justin que me olhava atento
– mora, a casa dela é ali no quintal, ela mora com o marido!
– que foi, porque ta me olhando assim?
– sei lá 
– Justin posso te fazer uma pergunta ? 
– É o que você mais faz ! - ele olhava pro bolo  
– Bom, você ..ama a Jessie  ? 
– Porque da pergunta ? - ele me olhou
– Porque você pode ser o que você, mas querendo ou não você é humano e acredito que no fundo você tem sentimentos. 

ele riu.

– Ah Kylie ..rs
– ama ou não ama?
– amo, mas não sou apaixonado. Há, você não vai entender !
– você não ama, pelo menos sabe o que é amor?
– Eu amo sim ! Eu disse eu você não ia entender, esquece !
– você não ama a Jessie
– Eu amo a Jessie ! Porra eu não sei explicar, eu amo ..mas não como ..como vou dizer, eu amo, mas eu não sou apaixonado entende ? É eu amo está com ela, amo o sorriso, amo cuidar dela, eu amo a "Jessie" mas eu não a amo desse jeito. Entendeu ?
– entendi, é amor de irmão
–  é meio embolada, mas é assim !
– é muito embolada cara!
– agora está mais ainda !
– percebi, todo mundo vai ficar em casa hoje?
– Não estou no clima pra sair, vou ficar na minha mesmo. Amanha vou ver a minha carga
– ah, o que eu vou ficar fazendo?
– Não sei !
– mas que saco!
– pois é
– você ta morto e esqueceram de te enterrar. -mordi um pedaço de bolo
– pra que motivo eu vou ficar animado ?
– porque pessoas como você ficam feliz sem motivos nenhum
– Nossa Kylie !!
– ué, é verdade?
– não !
– claro que é!
– não ! 
–  Justin bro ..- Ryan apareceu 
–  Que foi ? -perguntou Justin 
–  A Jessie ..
–  O QUE ACONTECEU COM ELA ? 
–  Nada...-ele riu - só queria te assustada, CHRISTIAN VOCÊ ME DEVE 100 DÓLARES 
–  Isso não vale, é claro que ele iria ter uma reação assim ! - disse Christian
– apostou porque quis! Relex, temos outra aposta em jogo! -disse Chaz

todos riram, menos Justin. 

– E ai Kylie se divertiu com o Christian ? -perguntou Chaz
– Sim, ele é engraçado..já viram os vídeos dele ? -eu ri 
– Já já - Chaz riu 
– Hm...então rolou algo ne ? Aé Christian - disse Ryan 
– shhh -disse Christian
– claro que não rolou nada vocês são idiotas?
– Ué vocês e o Christian sozinhos..pensei coisas ! -disse Ryan 
–  Não rolou ta legal ? -disse Christian 
– Que mané -disse Chaz
–  Mas somos ..bom, amigos ! -disse Christian
– colegas! -sorri forçado
–  beija, beija, beija, beija ela Christian -disse Ryan 
–  CHEGA DESSA PORRA ! -gritou Justin

-------------------------------------------------------

Gente na quarta eu posto ok? eu estou AMANDO esse comentários, continuem assim gente, obrigada por isso, gostei de escrever a parte do Justin com a Kylie no escritório, eles se aproximando mais, kylie e santa mas também não é santa, será que intendem? rs

obrigada amores!


11/04/2014

Thug Love 10

 


– Quero fazer um acordo com você !
– sobre?
– Bom , como você ajudou a Jessie. Vou ser mais legal com você. Você pode ficar solta, sem ficar trancada, sem tentar fugir, se não meus seguranças vão meter bala em você. De verdade, eu estava falando com o Za que você poderia ir embora, mas o Tyler, ele já sabe que você ta aqui, ele está pensando que você é alguma coisa minha, de garanto está mais segura comigo. Porque ele é muito pior que eu !
– eu quero voltar pra minha casa, eu não tem nem roupas aqui, eu não tenho nada aqui, não quero ficar aqui, tenho certeza que a policia está atrás de mim, e não vai cansar enquanto não me achar, sou uma ameaça aqui.
– Quer que eu te deixe ir ?
– claro!
– não posso, você vai ficar aqui com todos nós.
– eu tenho coisas a resolver!
– quero que amanhã vá na policia, de seu depoimento, fale que está tudo bem e que não viu meu rosto, e depois volte pra cá, você vai ficar aqui!
– quer que eu deponha ao seu favor?
– isso !
– não!
– Então vai continuar aqui, até não aguentar mais, você que escolhe !
– não quero me misturar, não quero correr risco de vida!
– Se o Tyler te pegar ele não vai fazer igual a mim não garota, ele vai ter matar sem piedade e vai te comer antes disso, querendo ou não, você está muito mais segura aqui comigo !
– eu odeio você
– Meu pobre coração aguenta ! -sorri irônico
– eu deponho ao seu favor com uma condição... -ela levantou a sobrancelha
– fala
– preciso de outro quarto porque aquele é horrível, roupas e coisas novas por um tempo, porque não quero ficar dependendo de você!
– Tudo bem, posso dar um jeito nisso. Mas não quero você saindo e está dentro da minha casa e quem manda aqui sou eu. Minha casa, minhas regras, nunca se esqueça disso ! 
– Meu corpo, minha vida, nunca se esqueça isso ! -ela sorriu 

Levantei a sobrancelha.

– Estamos entendidos ?
– estamos.
– Ótimo ! Valeu por cuidar da Jessie...eu passo dos limites com ela as vezes !
– você passa sempre!
– Não com ela, ela é minha namorada, alem de namorada ela é minha amiga, minha companheira !
– dane-se não tenho nada a ver com isso.
– Me fala de você Kyky!
– Kylie Jenner pra você!
– Jenner?
– sim, porque?
– nada !
– nada? tem certeza? já pesquisou minha vida pra me matar?
– Garota aprende uma coisa, se um bandido quiser te matar ele vai, simples !
– era só isso?
– Era ..vou lá ver a Jessie, tem sala de jogar o quarto, fica no de hospedes !
– eu não tenho roupas, você não entendeu isso?
– A Jessie te deu alguma, usa essas que eu vou pedir pra Rita comprar !
– eu quero ir comprar.
– Depois vamos então !
– eu quero ir agora
– Eu não vou agora Kylie !
– eu não quero ir com você, é claro que não.
– Você vai comigo, mas vou levar a Jessie junto pra ela te ajudar e bla bla...só vou por segurança !
– hm
– Agora, bom..a casa é grande, tem piscina, sala de jogos, pode comer..eu vou fazer minhas coisas !
– não tem nada pra fazer aqui!
– então ficar ai sem fazer nada, to indo ..
– aqui dentro?
– Não Kylie, lá fora.

Puxei ela pelo braço e levei pra fora do escritório. 

– Vai ler um livro, comer...ver televisão, sei lá, se vira !
– vou te seguir!

Revirei os olhos e entrei no meu quarto, Jessie não estava na cama ..fui até o banheiro, ela arrumava o cabelo.

– Oi meu amor- abracei por trás - me desculpa mesmo! -beijei seu ombro 
– Tudo bem Justin -suspirou 

Olhei pra porta do banheiro assim com a Jessie, Kylie nos olhava atenta.

– Que foi ? Nunca viu um casal não ? -ri
– vocês são irmãos, como conseguem?
– Assim...

Mordi a orelha da Jessie ela riu, beijei o ombro dela e apertei sua cintura.

– Justin para - disse Jessie
– Só estou mostrando a ela o bom da vida !
– a vida não se resume nisso!
– Isso é frase de virgem ! -ri 
– Não, eu também acho isso ! -disse Jessie
– pois é, o lado bom da vida não é isso, isso é frase de pessoas que não sabem o que é viver.
– E você sabe ? -ri 
– Você é muito bonita Kylie, vai encontrar alguém que gosto de você de verdade e não apenas da sua beleza ! -disse Jessie 
– isso uma indireta pra mim ? -perguntei 
– Serviu ? 
– Não Jessie, porque eu adoro você, não apenas sua beleza ! 
– Espero mesmo ! - disse Jessie
– A Kylie já  é vivida
– eu só tenho 17 anos
– E dai ? Diz quantos anos você deu pra mim Jessie !
– Há não Justin, isso é particular ! -disse Jessie
– Ela deu com 16 anos, pra mim é claro. Eu fui o único que ela dormiu ! 
– Verdade !
– eu não quero saber disso, não lembro de ter perguntado!
– Você é virgem ? - perguntou Jessie
– Jessica, porra...-ri - claro que ela é !
– nossa Justin, você chega ser pior que o ridículo.
– Nossa me ofendeu -ri
– Jessie me empresta algum biquíni, sei lá
– Tenho um monte novo que nem uma, porque alguém sabe..não deixa -ela olhou pra minha cara
– ah sim, me empresta então?
– Ok ! 

Saímos do banheiro e a Jessie deu um azul a ela, ela sorriu e entrou no banheiro pra se trocar. Coloquei a Jessie no meu colo.

– Jessie eu vou te recompensar pelo que eu fiz ok ? 
– Ta Justin, eu sei que vai ! 

Depois de um tempo ali com a Jessie, a Kylie saiu um pouco com vergonha, acho que era por causa de mim. Mas ela não devia ter vergonha, ela essa bunda, esses seios perfeitos, eu me acabava ali, imagina ela gemendo na minha cama. Esse jeito rebelde mais santinha me deixa louco, muito louco ! 

– Ficou legal ! Justin não gosta desses biquínis em mim!
– Não mesmo, parece que fica nua !
– ta, tudo bem, eu quero me embrulhar porque só tem homem nessa casa
– pode pegar a toalha branca, ninguém usou ! -disse Jessie
– ta, tchau! -ela pegou a toalha e saiu
– você assusta ela Justin ! -Jessie riu
– é pra ela ter medo mesmo!
– é porque ela não conhece seu lado doce, ela vai amar !
– eu não Tenho lado doce! Chega, vou resolver umas coisas! -me levantei
– Quero ir junto
– é aqui em casa Jessie!
– Ata ! 
– Porque ? Quer fazer outra coisa ? -sorri 
– Talvez- ela deitou na cama 
– aé ? -fui até ela 
– uhum...mas você está ocupado, então ..deixa pra mais tarde ! 
– Não, não vou deixar você na mão. 
– Justin, você tem coisa pra fazer ! 
– Eu quero você.

Fiquei olhando pra ela, ela deu um sorriso lindo e me chamou com o dedo. Ela colocou as pernas em volta da minha cintura, segurei seu queixo a puxando para um beijo. 

[...] 

Terminei de me arrumar e saímos do quarto, descemos pra sala a Kylie estava lá no canto conversando com a Caitlin, Morgana no colo do Ryan e o Chaz e Christian jogando.

– Até que em fim...-disse Chaz
– Ouvimos os gemidos da Jessie daqui -disse Morgana 
– Vocês são exagerado ! -disse Jessie
– Deu pra ouvir sim amiga, voce falava o nome dele a casa 5 minutos. -Morgana disse fazendo todos rirem 
– Morggui...-disse Jessie

Morgana abraçou a Jessie rindo.

– Também, com um gato gostoso que nem o Justin -Morgana começou a se esfregar em mim 
Jessie me olhou.
– Não estou fazendo nada -levantei meus braços 
– Para de se esfregar no meu namorado ! -Jessie riu puxando a Morgana 
– é, para de se esfregar no namorado dela ! -eu disse puxando a Jessie pela cintura 
– A Kylie precisa de um namorado ! -disse Caitlin 
– A Kylie gosta do Justin, a Kylie gosta do Justin, a Kylie gosta do Justin ...do JUSTIN  -disse Morgana
– Sabia, eu já tinha percebido isso -disse Ryan
– Gente, para ta ? O Justin é meu namorado ! -Jessie fechou a cara 
– Há amor ..para, não liga, eles estão zoando e a Kylie é chata, pra que que eu quero ela se tenho voce ? 
– cala a boca -eu disse 
– É MELHOR ME DEIXAREM PASSAR MESMO... -conheço essa voz 

Olhamos pra porta o Jeremy estava parado ali, bem ali e ele não gostava nada, nada do que via e eu estava me divertindo muito com tudo isso. Mas de uma coisa eu sei, ele NÃO vai tirar a Jessica de mim. Eu cuidei dela enquanto ele foi embora, ele não pode fazer nada pra mudar isso ! 

– Jeremy ? -perguntou Jessie 
– Vocês estão juntos não é ? 
– Acabamos de fazer um sexo gostoso ! não é meu amor ? -a beijei 
– é, como sempre o melhor sexo selvagem do mundo -ela sorriu fazendo carinho na minha nuca

Apertei sua cintura contra meu corpo, fiquei fazendo carinho nela pra ela se acamar, porque ela tremia por dentro. 

– Veio saber se estamos usando camisinha ? -ri
– não, vim dar um aviso que já deviam saber a anos!
– Não queremos ouvir nada !
– mas vai ouvir!
– Nada que vem de você nos interessa ! 
– Vocês não podem namorar, nada...não pode ficar juntos ! 

Comecei a ri.

– Já estamos juntos ! 
– Jeremy já não basta tudo que fez a gente passar ? Vai embora ! -disse Jessie
– não vou antes de falar o que tenho, vocês vão adora saber!
–Sim, claro ! Porque você é um pai super preocupado !
– vocês são irmãos de sangue!
– Isso não vai adiantar Jeremy. Não vamos cair nessa ! -eu disse
– Você não vai tira o Justin de mim, não vai tirar ele igual tirou a minha mãe ! -disse Jessie
– Pattie! -ele chamou pela minha mãe e ela apareceu com os olhos cheio de água
– Mãe ? -disse Jessie
– Sai de perto dele mãe, vem pra cá !-eu disse
– eu devia ter falado antes pra vocês, desculpa. -ela abaixou a cabeça
– Como assim ? -perguntei 
– Eu sinto muito, muito mesmo  ! -disse ela chorando 
– Mãe o que ele fez ? FALA MÃE -Eu já estava agoniado 
– A Jessica é filha sim do Jeremy, filha de sangue. Ela não foi adotada, ela é filha da amante do Jeremy, de um caso que ele deve quando ainda estava comigo, a anos atrás. Ela é sua irmã Justin, vocês não podem ter nada. Por isso eu fiquei daquele jeito quando eu soube, porque vocês são do mesmo o sangue ! -disse minha mãe chorando mais ainda 
– Mentira ..impossível ! - disse Jessie
– Não, não ..não -eu disse
– me desculpa Justin. -disse minha mãe chorando
– era só isso! -disse Jeremy

Fiquei olhando pro Jeremy, ele sorria debochado, a raiva tomou conta de mim e eu parti pra cima dele, acertando um saco na sua cara, ele acertou em mim também. E começamos uma verdadeira luta ali mesmo, minha mãe gritava assim com o Jessica para paramos ...todos ali na sala estavam nervoso, o Ryan tentou me ajudar e levou um saco no rosto. O Jeremy pegou e me jogou contra parece, deslizei até cair no chão.

– Olha aqui moleque ..eu não sou sua mãe entendeu ? Eu acabo com você ! E não quero mais você dois juntos, ela é minha filha e está acabado ! 
– Justin ..Justin você está bem ? -Jessie se abaixou na minha frente 
– Eu to bem, to legal -beijei a mão dela 
– E você Jesscia, é melhor vim comigo ! - ele segurou o braço dela 
– Não encosta nela ! - me levantei com cuidado
– vai me enfrentar de novo? -ele segurou minha blusa
– Jamais vou deixar de fazer isso babaca - empurrei ele 
– Para ..vai embora ! - disse Jessie ficando no meio 
– Eu vou, mas você vem comigo. Você vai morar comigo, eu vou te dar a educação que uma mulher deve ter, porque depois que você veio morar aqui acha que nem uma piranha ! 
– CALA A BOCA - ela bateu na cara dele 
 Puxei a Jessie pra trás de mim.
– Nunca vai encostar um dedo nela !
– Você não pode me impedir de nada!você não é ninguém Justin, é um RESTO, um filho indesejado, você estragou tudo, estragou a minha vida e a da sua mãe, era pra ela ter te abortado como eu disse, mas não, ela insistiu e olha aí quem você é hoje, um ninguém, um nada, um perdido, você não passa de um moleque que acha que sabe das coisas, mal sabe aonde esta se metendo! 
– PARA JEREMY, CHEGA, EU AMO O JUSTIN MESMO ELE SENDO QUEM É! -disse minha mãe
– Isso vindo de você não passa de nada, porque você é um merda. Precisou fazer o que fez pra ser alguém. Foi na aba de outras pessoas, eu não ..isso eu consegue sozinho. Eu não sou você Jeremy, eu sou melhor que você. Porque você queria ter feito o que eu fiz, mas você não conseguiu, as pessoas não acreditavam em você, você era um merda assim como é hoje. 
– Quem é minha mãe ? -perguntou Jessie
– Eu sou sua mãe meu amor, eu te amo, eu cuidei de voce, voce é minha filha entendeu ? Minha ! -minha mãe abraçou a Jessie que começou a chorar

Ele me segurou pela gola da blusa e me pressionou na parede.

– você nunca vai ser melhor que eu, NUNCA Justin! 

Ele me soltou fazendo cair sentado e saiu, me levantei e parei de frente para minha mãe 

– Diz que é mentira, diz que eu não namorei a minha irmã, que eu não dormir com ela... Mãe ..pelo amor ..eu passei as algumas horas fazendo sexo com ela, é mentira !
– não posso negar a verdade Justin, desculpa. -a Jessie se abraçou mais forte com ela e eu do escutava o choro
– Mãe isso não é pra separar eu e a Jessie não NE ? Porque se o Jeremy obrigou voce, eu me acerto com ele ! 
– Meu filho ..vem cá ! 
Neguei com cabeça 
– Justin, vamos subir conversar, eu voce e a Jessie
– não, eu quero ficar sozinho!
–Nos vamos conversar Justin, querendo ou não ! 
suspirei.
– Tudo bem, vamos pro meu quarto porque essa historia não desceu direito !
– mas vai descer! -disse minha mãe

Subimos pro meu quarto, eu e a Jessie sentamos na cama e minha mãe ficou em pé na nossa frente.

– O Jeremy me traia e eu não sabia, me traía com a mãe verdadeira da Jessie. Quando eu descobri ele coloquei ele pra fora de casa, mas ele não queria ir, ele queria ficar por sua causa Justin. Deixei ele ficar por você, mas eu e ele não tínhamos mais nada. Depois de um mês o Jeremy disse que iria viajar a negócios e não volto por 4 meses, eu não soube mais nada dele, você era pequeno Justin, chorava no meu colo querendo o pai, e isso me doía mais que tudo nesse mundo, vendo você sofrendo ali, sentindo falta dele, você chegou a ficar doendo. Seu avo veio pra cá e me ajudou com você e você foi se acalmando um pouco. Depois de uma noite, o Jeremy apareceu todo sujo e com uma criança no colo, um bebe, uma menina ...a Jessica. Eu olhei assustada pra ele e a única coisa que ele fez foi entregar a Jessica nos meus braços e dizer "Ela é minha filha e eu não posso cuidar dela" e foi embora, ele vinha algumas vezes por mês ver você e a Jessica, ele registrou ela, fez tudo e na hora que eu peguei a Jessie no colo, eu amei você minha linda, no primeiro segundo que te vi. Você era tão linda, esse olhos me olhavam atenta chorando, você estava com fome, eu cuidei de você e o Justin ficou assuntado, ele não entendia muito coisa ainda, mas o mais importante ele entendeu. Que você era parte da família, ele brincava com você e tudo. Vocês foram crescendo e o Jeremy começou a vim mais vezes ver vocês, mas quanto mais vocês crescia, o ódio pelo Jeremy vocês iam pegando, e ele não veio mais. Vocês não entende ..o Jeremy, ele não é uma pessoa ruim, vocês não podem juga-lo igual eu fiz. Ele errou me traindo, mas isso faz tempo, e como pai, ele foi muito bom, vocês...vocês nunca vão entender. É complicado de mais !  -disse minha mãe 
– A única coisa que eu consigo pensar e que eu transei com meu irmão, eu to me sentindo suja, eu estou com nojo de mim mesmo -disse Jessie deitando na cama 
– amor nos vamos conversa, calma, só eu você  ! - eu disse
– não me chama de amor Justin, somos irmãos
– desculpa
– Me desculpem, eu devia ter contado quando vocês fizeram 12 anos !
– porque não disse isso quando começamos a entender as coisas? -perguntei
– Eu fiquei com medo de vocês me odiarem.
– nunca vou te odiar!

Ela sorriu 

– E você Jessica ? 
– Só quero ficar com o Justin agora. Não quero conversar com você mãe -disse Jessie
– vocês não podem levar isso pra frente! -disse minha mãe
– só vamos conversar !
– tudo bem

Ela saiu do quarto. Jessie sentou na cama com os seu olhos vermelho e o nariz também. 

– Jessie -coloquei o cabelo dela atrás da orelha – não precisa chorar por mim ! 
– Estou chorando porque eu pensei que eu era alguém que eu não sou. Eu perdi a noção de quem eu era. 

Na verdade...quem eu sou ? -vi seu olhos enchendo de lágrimas novamente 
– Quem voce é ? Você é Jessica Bieber, é a garota mais engraçada que eu conheço, sua risada faz todo mundo ri junto. Você é focada, quando quer fazer uma coisa faz, você vai lá e faz. E isso irritada, mas essa é você. Você tem comer chocolate pelo menos uma vez na semana,  se não você da um troço. Você é esperta, é divertida, é companheira. Mesmo eu fazendo o que faço, você não sai do meu lado, nunca deixou de me apoiar, está sempre tentando ajudar os olhos. Você dorme com a perna dentro da minha, você é linda, tem um corpo de dar inveja, tem um sorriso lindo, você é boa de cama, é ..a Jessica, se for pra você fazer loucuras você vai fazer e ninguém vai te segurar, porque essa é você. E sabe o que eu adoro em voce ? É que você,a minha princesa que odeia frescura, mas é fresca, voce gosta de abraço, mas não gosta de gente grudenta. Você é doidinha e perfeita com todos esses defeitos e qualidades. 

Segurei seu rosto e dei um selinho demorado.

– Não podemos !
– Deixa eu te beijar enquanto minha mente não acredita ! 

Ela segurou minha nuca e aprofundou o beijo.

– Eu nunca vou esquecer de você ! -ela parou o beijo e me abraçou 
– rs Jessie, você está falando como se eu fosse embora .  Eu nunca vou te deixar, nunca, Não entende isso ? - abracei mais forte
– eu te amo muito Justin, você é irritante, mas eu te amo ! -ela riu
– é, eu sei
– você não me ama  ? 
–  você sabe...eu ja disse algumas vezes !
– poucas ! 
– Mas disse, eu te amo muito Jessica. Serio, eu me preocupo de mais com voce. E quem se preocupa ama!
– Eu sei -ela beijou meu rosto 
– Então ...
– acabou ! -ela disse
– Não quero ver você chorando por mim entendeu ? Promete mocinha ? 
– Eu prometo ! 
 – Acho bom ! 
– Se eu não posso ser o namorado que você precisa eu vou ser o irmão que você precisa ! - abracei mordendo o rosto dela 
– ai para...ta me babando toda !
– isso não muda muita coisa! -eu disse
– Verdade ! 
– Muda a pior parte, eu ficar sem sexo com você, sem sexo descente entende ? Aquelas vadias tudo largas, sem seu beijo, seu corpo, não vou poder fazer brincadeirinhas no banheiro. Mas se quiser dormir nua do meu lado, ta beleza- sorri
– cala a boca Justin, eu to zonza com tudo isso!
– ta calma ! Não somos mais namorado certo ? 
– Certo !  
– Mas isso não quer dizer que vou mudar totalmente com voce, não vamos transar. Mas eu não vou permitir que namore outra pessoa entendeu ? 
– Você não pode fazer isso !
– Posso sim, ninguém cuida de voce como eu. Eu não vou deixar ninguém de usar e de jogar fora, eu vou cuidar de voce melhor que nunca e nada de namorados, ou ficar ..essas coisas,
– eu quero morar com minha mãe um tempo!
– Não Jessie ! 
–  Na verdade, eu acho melhor morar com a Caitlin ou viajar !
– Viajar o caralho - eu disse
– Justin eu to com a cabeça rodando, acabei de descobrir que somos irmãos de sangue e tudo aconteceu com você, preciso dar um tempo daqui, quero morar com minha mãe
– Mas Jessie...poxa..é complicado pra mim também !
– eu preciso disso Justin!
– Quanto tempo ?
– eu só vou morar com a minha mãe, é aqui perto, não vou sumir, é só isso!
– Eu vou lá te ver, você sabe que eu vou !
– ta Justin, só quero botar as coisas no lugar!
– Só não quero que você fique distante de mim. Mas tudo bem ..eu dou o seu tempo, mas depois voce volta, aqui é a sua casa !
– ok Justin, eu vou arrumar minhas coisas!
– Vou te esperar lá em baixo !
– ok
– leva uma camisa minha, eu sei que voce gosta
– não Justin.
– leva, ela essa aqui..olha, voce adora ela. Leva !
– Justin eu disse não!
– Quero que fique com ela. Quero que sempre que eu estou aqui, precisou eu estou ! 
– tudo bem, obrigada ! -sorriu
– de nada, estou lá em baixo
– ta!

Desci pra sala e quando eu apareci, todos me olhavam, Kylie me olhava atenta no canto da sala, olhei pra ela e fiquei encarando, até minha mãe dizer algo.

– Então..-disse minha mãe 
– Ela vai morar com voce por um tempo ! 
– Vocês...
– Sim mãe !
– que merda hein! -disse Ryan
– é, nem fala ! 
– Po cara ..sinto muito ! -disse Christian 
– Eu também ! 
– Veja pelo nado bom, vai pegar geral agora -disse Chaz
– Agora não Chaz -eu disse
– Se toca, não ta no clima ! -disse Caitlin
– eu só estava tentando animar... -disse Chaz
– Não da pra animar uma coisa dessas Chaz ! -eu disse
– Justin eu vou ver a Jessie todos dos dias, eu vou ajuda-la.-disse Caitlin
– Eu sei que vai, é a melhor amiga dela ! 
– Ei ei ..eu também ok ? - disse Morgana- mas vou ajuda-la de outro jeito, levanto pra balada e conhecendo novos caras. 
– Isso não irá acontecer ! -eu disse
– vocês são irmãos, ela tem a vida dela e não vai ficar parada esperando a morte da bezerra, pela amor né Justin... -disse Morgana
– Eu arrebento você e ela junto ! - eu disse 
– Ela vai namorar, pode fazer o que quiser, não pode ter sido o primeiro, mas não será o ultimo !  -disse Morgana 

Levantei a mão e o Ryan entrou no minha frente.

– Cara, calma ! E voce para, não é hora ! - disse Ryan
– Eu arrebento você e ela junto ! -eu disse 
– eu não tenho medo de você Justin! -disse Morgana
– Só não te arrebento agora, porque minha mãe ta aqui e porque o Ryan deve comer você mais tarde. Não se como ele aguenta você vadia que nem você, da pra TODOS.
– e dai? O que você tem a ver com a minha vida? Você não paga as minhas contas, o que eu deixo de fazer ou faço é problema meu e não seu, então cala a boca! Seu imbecil!
– Olha o jeito que voce fala comigo sua vadia, eu vou acabar com voce 

Parti pra cima dela, o Ryan me segurava e minha mãe tentanto acalmar todos que começaram a falar ao mesmo tempo. 

– CHEGAAA!

Jessie estava parada na nossa frente com as malas.

–  Chega entendeu ? Chega Justin, chega ! 
–  Vamos filha !-disse minha mãe
–  Calma mãe, eu vou me despedir dela. 
–  ok 
–  Vem cá Justin, me da um abraço apertado ! -disse Jessie

Sorri e abracei apertando a tirando do chão. Fiquei com meu rosto no pescoço dela e ela com a mão em volta do meu ombro me apertando mais. Ficamos um bom tempo assim, só sentindo o abraço um do outro. Querendo ou não ..também sou humano!

– eu vou sentir sua falta ! -eu disse baixinho no ouvido dela 
–  e eu muito mais ! 
–  promete não chorar ? - me fastei segurando o rosto dela 
–  Não, porque eu vou chorar ! Mas vamos tentar..vamos tentar pra valer ok ? Pra eu poder voltar logo pra cá e nos divertirmos junto. -ela sorriu 
–  Não sei ser irmão Jessie, nem sei como é ser isso..sempre fui.." seu " ! 
–  Sempre será ! Vamos conseguir, relaxa ..ainda vai enjoar da minha cara -ela riu 
–  Vamos Jessica -disse minha mãe
–  Porra mãe, calma! 
– eu já vou, tenho que ir! -disse Jessie
– me liga !
– ligo
–  Ok ! 

Dei um beijo no rosto dela e no da minha mãe e ela saiu, Morgana e Caitlin disse que iriam também e foram com elas. Só ficou a Kylie de garota.

–  Justin...serio mesmo, sinto muito ! - disse Ryan
– Vou subir e não quero ninguém vindo atrás de mim !
– só tem eu de garota aqui? -perguntou Kylie
– Sim e façam bom proveito com ela. -olhei pro caras e subi 

--------------------------------------------------------------

preciso que vocês falem sobre o jeito da Kylie, entendem?

Gente, em relação aos comentarios, eu gosto das criticas, por isso peço que comentem, pra saber aonde erro entendem? vocês pediram tanto que a Jessie sumisse, fiz o que vocês pediram, OBRIGADAAAA VIDAS, por todos esses comentarios, negativos e positivos, comentem sempre, eu preciso disso, eu sei que tenho que melhorar na responsabilidade com o blog de postar toda quarta como eu disse e nos finas de semana, sendo que alguns eu saio e não da pra fazer, me perdoem por isso, beijos.

Agora a Historia vai começar!


06/04/2014

Thug Love 9



Ainda estava de madrugada... Jessie dormia em cima de mim, a  sua perna em cima da minha e a cabeça no meu peito, as costas nuas, e o lençol tampando sua bunda, eu estava com a mão atrás da cabeça e olhando pra escuridão do quarto. Eu não sei exatamente o que vou fazer com a Kylie. Não era pra ela está lá no banco, não era pra ela está passando por isso. Suspirei fechando os olhos, escutei um barulho..tirei a Jessie de cima de mim e fui procurar a minha cueca, e a bermuda. Coloquei...quando eu estava saindo do quarto escutei outro barulho, voltei peguei minha arma.

– Justin ? -Jessie sussurrou 
– Oi
– O que faz acordado essa hora, volta pra cama ! 
– Eu já volto ok ? Pode dormir, ninguém vai subir aqui em cima. Eu já volto ! -a beijei- dorme, ta tudo bem! 
– ok !  

Ela se ajeitou melhor, sai do quarto fechando a porta, vi um vulto passar, olhei pra...CARALHO, a vadia fugiu, corri até o quarto onde ela estava, entrei e não tinha ninguém. Corri pro quintal e a vi correndo pro meio das arvores.

– EU VOU TE PEGAR KYLIE.

Eu disse correndo, logo escutei uma barulho, ela pulou a porra no muro. Como ela fez isso? Ouvi as vozes dos meus seguranças e um gripo. Sorri indo pro portão, eles estavam na rua e segurando ela pelo braço.

– ME SOLTA -ela gritou 
– Kylie Kylie...você ta muito trabalho sabia ?
– me deixa ir!
– Você não pode ir, você não entende !
– eu quero ir, eu quero ter uma vida normal, pelo menos tentar, me deixa em PAZ! -ela se debateu
– Não Kylie, eu ..eu não posso deixar você ir !
– AAAAAAAH -ela gritou
– Kylie para com isso, eu vou resolver isso de você aqui amanha, quer dizer hoje !
– eu não vou ficar presa no quarto, eu não vou!
– claro que vai, leva ela lá pra cima ! 
–  sim senhor Bieber
– me solta, EU TENHO PERNAS!

Uns dos meus seguranças levou ela lá pra cima e colocou ela na cama e eu acompanhei logo em seguida.

– Pode sair ! -disse pro segurança 

Ele saiu, fechei a porta e sentei na frente dela.

– Pode gritar, pode socar a porta, mas você não vai sair daqui. Pelo menos não hoje !
– o que você quer comigo afinal?
– Eu não sei, mas você não pode ir embora !
– o que eu vou ficar fazendo aqui?
– Vai ficar aqui até quando eu quiser !
– eu quero ir pra casa!
– Isso não será possível! -me levantei
– eu sai daqui uma vez, eu posso sair de novo
– Isso também não vai acontecer !
– a policia vai me achar e vai te prender! Eu vou rir quando isso acontecer
– Se isso acontecer, você já vai está morta !
– você não tem coragem de me matar!
– Ter um tenho, mas você não faz ideia do que eu sou capaz Kylie. Apenas estou morrendo de pena de você. -ri
– ah nossa! -revirou os olhos
– Amanha terminamos essa conversa !
– EU QUERO SAIR DAQUI
– ai ai
– eu vou acordar todo mundo se você não me tirar daqui
– Não tem ninguém em casa !
– eu não aguento mais isso, eu não aguento mais, quero sair daqui!
– Não vai!
– o que você quer de mim?
– Amanha eu resolve esse assunto sobre você, de vez !

Ela suspirou. Fiquei a olhando por um tempo, mas logo sai do quarto a deixando trancada de novo e coloquei um segurança na porta. Voltei pro quarto e dormi!

Acordei cedo no outro dia, levei a Jessie na faculdade, fui pro galpão e disse pro Ryan buscar a Jessie que eu estaria ocupado no galpão. Depois de fazer o que tinha que fazer, fui almoçar com o Chaz e o Christian, depois voltamos pra casa. 

– Rita, cade o Ryan e a Jessie ? 
– O Ryan saiu e a Jessie está lá em cima 

Subi pro quarto e quanto entrei dei de cara com a Kylie de toalha e a Jessie com alguma roupas na mão, olhei espantado.

– QUE PORRA É ESSA ? 
– amor... olha, eu posso explicar ! -disse Jessie
– QUEM TE AUTORIZOU A TIRA-LA DE LÁ? EM PORRA ? -puxei a Jessie pelo braço 
– Me solta...você está me machucando, Justin...Justin...-disse Jessie
– Solta ela, você só sabe bater em mulheres? -disse Kylie
– E você sua vadia ..pensa que vai ficar assim ? 
– Justin...para, ai ....deixa eu explicar, ai Justin -disse Jessie
– VOCÊ ESTÁ MACHUCANDO ELA! -disse Kylie
– CALA A BOCA ! 
– Justin 
– NUNCA, NUNCA MAIS DESCUMPRA UMA ORDEM MINHA ! -peguei a Jessie pelo cabelo e a joguei na cama.  – Nunca mais, nunca entendeu ? 
– sim ! -disse Jessie 
– Ótimo e você se vista logo e saia daqui! 
– ela só estava me ajudando, ela é uma mulher, devia tratar com respeito e não como uma qualquer. -disse Kylie
– SAI DAQUI 

Kylie entrou no banheiro e depois de um tempo voltou vestida 

– Pode ficar pela casa, a casa está cercada se sair, saiba que irá morrer !

Ela me olhou irritada e saiu do quarto.

– E você dona Jéssica...o que eu faço com você ? EM ? 
– Nada, eu sou sua namorada !
– HÁ É ? NÃO PARECEU QUANDO TENTOU AJUDAR A KYLIE A FUGIR ! 
– Ela não iria fugir, como você disse a casa estava cercada, só tirei ela dentro daquele quarto horrível e tem comigo descente e roupas limpas e mais nada!
– Jessie eu não autorizei nada entendeu ? Nada!
– VOCÊ NÃO TEM QUE AUTORIZAR NADA, EU TAMBÉM MANDO AQUI ! 
– COMO É QUE É ? MANDA ? manda aqui. -ri e segurei o pulso dela com força - manda aqui ? você não manda em porra nem uma, nem em você mesmo você manda. VOCÊ NÃO MANDA EM NADA ! 
– Vo..você está me machucando ! 

Ela batia na minha mão para soltar o pulso dela, ela reclama...ela me deu um tapa na cara com a outra mão livre. Soltei ela e a puxei pela cabelo fazendo ela olhar dentro dos meus olhos.

– vai se arrepender por isso!

Eu apenas disso isso e dei um tapa no seu rosto fazendo ela cair de lado na cama. Peguei o abaju e taquei na parede, Passei a mão no cabelo suspirando, tentando me acalmar, depois de um tempo parado olhando a Jessie sem se mexer, ouvi seu choro ...fechei os olhos com força, porra!

– me deixa ! 
– Jessica eu me descontrolei ...Jessie, Jessie olha pra mim porra - puxei ela pelo braço fazendo ela gritar de dor 
– Ai...ai ...ai meu deus -ela se contorceu na cama chorando e segurando o pulso  
– Jessica para, não exagera 
– aiiii -ela gritou 
– Me deixa ver isso.

Ela se afastou, olhei pro seu pulso e estava roxo.

– Jessica, desculpa... amor olha, desculpa -beijei o rosto dela. – vai passar, vai passar. RITAAA! -gritei 

Eu estava me sentindo culpado, a Jessica é minha namorada, eu tenho que aprender me controlar! A Kylie apareceu na porta 

– A rita saiu e ..ai meu deus Jessie -Kylie sentou na frente dela 
– Está doendo muito...-Jessie chorava 
– olha oque você fez seu mostro -disse Kylie
– cala a boca e ajuda dela!
– me ajudaaa...-disse Jessie
– Jessie- Ryan apareceu na porta 
– Ryan agora não ! -eu disse
– o que aconteceu com ela ? -Ryan perguntou
– esse MONSTRO, olha o pulso da Jessie! -disse Kylie
– O que você fez ? - perguntou o Ryan 
– Nada ! -eu disse 
– Ryan por favor...-disse Jessie
– Eu vou te ajudar, eu prometo -disse Ryan 
– Vou pegar gelo -disse Kylie 

Ela saiu do quarto.

– Jessie...
– Justin não ! -disse Ryan 
– Que gritaria é essa ? -perguntou Chaz entrando no quarto 
– Jessica...Jessie -Christian correu parando do lado do Ryan 
– Ta doendo muito -disse Jessie
– O QUE FEZ ? - disse Christian 
– Abaixa seu tom de voz comigo ! -eu disse
– Porque ? vai querer quebrar meu pulso também ? -disse Christian 

Suspirei, Chaz me olhava, Ryan dentava acalmar a Jessie, Christian sentou encostando na cama e a Jessie encostou nele.

– Aqui o gelo -Kylie disse entrando no quarto 
– Me da isso! -peguei da mão dela  – pronto Jessie, vai passar, calma princesa 
– epa epa... essa garota esta solta Justin. Porque ela está ajudando a Jessie ? Porque você não fez nada com ela ? Porque ela ta solta ? -perguntou Chaz
– Uma coisa de cada vez, vamos ajudar a Jessie agora ! -eu disse
– Tem uma pomada no banheiro, pega pra mim Ryan e um pano pra amarrar aqui -disse Jessie
– Ok ! -ele se levantou 
– desculpa! -eu disse baixo 
– Me da isso, não encosta nela, -Christian pegou o gelo da minha mão
– Você ta pensando que é quem pra falar assim comigo?
– Sou seu amigo e estou de mandando a real ! -disse Christian
– você não tem que mandar real nenhuma, cala a boca!
– Justin para, por favor -disse Jessie
–  princesa... eu sinto muito -eu disse
–  Oh sente, sente sim -disse Christian 
–  Chega ! -disse Ryan - pronto, alguém passa isso no pulso dela logo
– me da isso! -Kylie puxou da mão dele

Ela colocou na no pulso da Jessie e ficou fazendo massagem. Depois ela colocou gelo e o remédio e amarrou o pulso da Jessie.

–  Obrigada Kylie -disse Jessie
– de nada!

Olhei pra Kylie e ela saiu do quarto 

–  Me deixem sozinho com a Jessie e vigiem a Kylie, eu já estou indo falar com ela ! -eu disse
– eu quero ficar sozinha! -disse Jessie
– Me deixem sozinho com ela ! 

Os caras olharam pra ela e depois saíram. 

–  Jessie..,eu sinto muito, eu me descontrolei.
– eu disse que quero ficar sozinha! -ela disse sem me olhar
– Amor olha, eu vou te recompensar ok ? Eu juro ! Eu jamais me perdoaria se algo acontecesse com você e ainda mais sabendo que fui eu que fiz isso. Quando se trata de você, qual quer coisa me tira do serio. Tipo você de papinho com o Christian, o que ele falou no seu ouvido ? Ta ..esquece. Me perdoa ok ? Eu sinto muito mesmo !
– eu não vou falar nada, eu quero ficar sozinha!
– Jessie...amor, me desculpa !
–  Agora é amor, na boate não era amor, quando fez isso não era amor. Sabe o que você sente por mim ? Loucura ! 

Olhei com meus olhos arregalados.

– O que ? 
–  Loucura, isso que você sente por mim. 
–  Você está certa, eu sou louco por você amor ! -beijei o rosto dela
–  Loucura não de amor Justin, loucura mesmo sabe ? Você é louco, você é bipolar, você tem obsessão por mim, tem loucura, é possessivo !
– eu não sou possessivo!
– ta Justin, ta, eu não quero conversar, me deixa sozinha!
– Me da um beijo pra eu poder saber que ainda é minha ! 

Ela virou o rosto.

– Me da um beijo ! -ordenei 
– Justin ..
– Sou um idiota, eu gosto de você, demostro errado, mas demostro ! Me beija ...

Ela me olhou, segurei seu rosto e a beijei 

– Essa é minha garota ! -sorri 
– Não devia te dar confiança, você sabe !
– Você não consegue Jessie !
– Ainda to ...
– Eu sei, mas você pertence a mim, errei feio, mas você é minha ! 

Ela dei um meio sorriso.

– Já volto, nada de homens aqui no quarto, com você sozinha ! 
– tanto faz !
– Tanto faz nada, nem uma entendeu ? 
– Ta Justin, ta!

Dei um selinho nela e sai do quarto, indo até o meu escritório e o Ryan segurava a Kylie que se debatia.

– Pode soltar ela Ryan 
– Mas...-disse Ryan 
– Pode soltar.

Ele soltou ela.

– É, me solta...não ouviu o Bieber ?! -disse Kylie
– Quero falar com ela sozinho!

Os caras saíram, tranquei a porta e coloquei a chave no bolso. 

– Escritório legal! -ela disse enquanto olhava sua volta

Ela começou a andar e mexer em alguma coisas.

– Você e a Jessie pequenos ? - ela pegou a foto em cima da minha mesa 
– Sim !
– hm, vocês se parecem, são irmãos de sangue? -perguntou
– Não...não, ela é adotada !
– hm
– você era muito bonitinho, todo fofinho ! -ela sorriu 

ri pelo nariz.

– Obrigada por ajudar a Jessie !
– O que ? Justin Bieber, me agradecendo ? 
– Caralho, para...é pela Jessie !
– ela já me agradeceu, não precisava me agradecer!
– Quero fazer um acordo com você!

---------------------------------------------------------

Gente desculpa não ter postado ontem, é que eu estava no encontro de beliebers, cheguei umas 23h em casa e estava cansada, esse capitulo foi o que deu pra fazer hj ok? amores, amo vcs.